Connect with us

Notícias

Confira como serão os serviços durante o carnaval em Cruzeiro do Sul

Unidades de saúde funcionarão hoje segunda-feira; coleta de lixo e limpeza pública serão mantidas durante todo o feriado

Published

on

Durante o Carnaval, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul assegura a continuidade dos serviços essenciais à população. Hoje, segunda-feira, 12, todas as Unidades Básicas de Saúde do município estão em pleno funcionamento, oferecendo atendimento à comunidade. No entanto, na terça-feira, 13, devido ao feriado de Carnaval, todas as unidades estarão fechadas. Já na quarta-feira de cinzas, 14, as UBSs retomarão o atendimento a partir das 13 horas.

Os serviços de coleta de lixo e limpeza pública estão sendo mantidos regularmente durante este período. A equipe operacional continua suas atividades normais nesta segunda-feira, realizando tarefas como roçagem e remoção de entulhos.

“O cuidar da cidade é diário” Ygoor Neves

O secretário Municipal de Meio Ambiente, Ygoor Neves, destaca: “Mesmo durante o feriado prolongado, o serviço de coleta de resíduos domésticos não será interrompido.” Ele enfatiza que na segunda-feira, o funcionamento permanece normal, abrangendo ações como roçagem e remoção de entulhos.

Notícias

Viva Digital 60+: Empoderando idosos no mundo digital

Inclusão, Aprendizado e Socialização no Sesc Acre

Published

on

O programa Viva Digital 60+ desenvolvido pelo Sesc no Acre é uma iniciativa que visa integrar os idosos ao mundo digital, proporcionando-lhes oportunidades de aprendizado, interação social e desenvolvimento pessoal. Este programa é especialmente desenhado para atender às necessidades e interesses do público acima de 60 anos, buscando não apenas ensinar o uso de computadores e smartphones, mas também promover um envelhecimento ativo e saudável.

A inclusão digital é crucial em uma era onde a tecnologia permeia todos os aspectos da vida moderna. Marizete Melo, gerente de Assistência do Sesc no Acre, destaca a importância de permitir que os idosos desfrutem dos benefícios da tecnologia e enfatiza que nunca é tarde para aprender. O programa não se limita a aulas teóricas, mas também inclui atividades interativas como jogos digitais e desafios em grupo, que não só estimulam o aprendizado prático, mas também promovem a socialização entre os participantes.

Além disso, o Viva Digital 60+ aborda temas relevantes como segurança digital, saúde e bem-estar online, e o impacto positivo que a tecnologia pode ter no dia a dia dos idosos. As atividades são realizadas em grupos presenciais na Unidade do Sesc no Bosque, proporcionando um ambiente propício para o aprendizado coletivo e para a troca de experiências.

Esse tipo de iniciativa capacita os idosos em habilidades digitais essenciais, e também reforça sua autonomia, protagonismo e integração na sociedade digital atual. Ao oferecer essas oportunidades, o Sesc no Acre contribui para a qualidade de vida e o bem-estar dessa faixa etária, e o envelhecimento ativo e comunitário.

Fonte: SESC/ACRE

Continue Reading

Notícias

Desembargadora Regina Ferrari assume interinamente Governo do Acre

Published

on

A desembargadora Regina Ferrari, presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), assumiu temporariamente o cargo de governadora do estado neste domingo, 23 junho. A medida ocorre em conformidade com o artigo 71 da Constituição Estadual do Acre, devido à ausência simultânea do governador Gladson Cameli, da vice-governadora Mailza Assis e do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luiz Gonzaga.

Durante o período de exercício temporário do Poder Executivo, a desembargadora Regina Ferrari ocupará a função até segunda-feira, 24. Enquanto isso, a presidência do TJAC será assumida pela decana desembargadora Eva Evangelista, em virtude da agenda fora do estado do vice-presidente do tribunal, desembargador Luís Camolez.

Continue Reading

Notícias

UFRJ descobre reativação do Zika Vírus em condições de baixa imunidade

Published

on

O estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) trouxe novas e importantes descobertas sobre o comportamento do vírus da zika após a recuperação inicial da infecção. Publicado no periódico iScience, do grupo Cell Press, o estudo revela que o vírus pode voltar a se replicar em situações de queda na imunidade, como durante períodos de estresse, tratamento com medicamentos imunossupressores ou infecções por outros vírus.

A pesquisa, liderada pelas cientistas Julia Clarke e Claudia Figueiredo, envolveu quatro anos de experimentos com cerca de 200 camundongos. Os resultados indicam que o vírus pode reativar-se no cérebro e em outros órgãos onde não era previamente detectado, como nos testículos. Essa reativação está associada à produção de espécies secundárias de RNA viral que são resistentes à degradação, acumulando-se nos tecidos.

Essa nova replicação do vírus pode levar a sintomas neurológicos, como crises convulsivas. O estudo mostrou que, em modelos animais, o vírus da zika pode permanecer no corpo por longos períodos após a fase aguda da infecção. Em humanos, o material genético do vírus já foi encontrado em locais como placenta, sêmen e cérebro, mesmo muitos meses após o desaparecimento dos sintomas iniciais.

Os pesquisadores utilizaram técnicas avançadas como PCR, microscopia confocal, imunohistoquímica e análises comportamentais para demonstrar a persistência e reativação do vírus. A amplificação do RNA viral piora os sintomas neurológicos, especialmente nos machos, sugerindo que pacientes expostos ao vírus da zika devem ser monitorados a longo prazo.

Os próximos passos da pesquisa incluem investigar as calcificações cerebrais causadas pelo vírus, áreas de lesão com morte celular e acúmulo de cálcio. O objetivo é caracterizar se essas áreas são onde o vírus permanece adormecido e testar medicamentos que possam prevenir a reativação do vírus.

O estudo teve a colaboração de pesquisadores do Instituto de Microbiologia Paulo de Góes e do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis, ambos da UFRJ, e foi financiado pela Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj). A pesquisa destaca a importância de entender a persistência e reativação do vírus da zika para a saúde pública.

Fonte: Agência Brasil – Rio de Janeiro Foto: Rovena Rosas/Agência Brasil

Continue Reading

Tendência