Connect with us

Política

Debate na Aleac: porte de armas por agentes de segurança em ambientes com venda de bebidas alcoólicas

Mãe de vítima, Wesley, morto por policial em festa, expressa revolta na audiência, enfatiza busca por ajuda psicológica e condena violência

Published

on

Na manhã desta segunda-feira, dia 28, a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) promoveu uma audiência pública que reuniu parlamentares, especialistas em segurança pública e representantes das forças policiais atuantes no estado. O foco desse encontro foi a discussão acerca do porte de armas por parte dos agentes de segurança pública durante seus períodos de folga, particularmente em ambientes festivos nos quais a venda de bebidas alcoólicas é autorizada. A iniciativa para debater esse assunto foi tomada pelo deputado Adailton Cruz (PSB), e ele trouxe à tona uma temática que abrange aspectos de segurança, legalidade e impacto na sociedade.

O deputado Adailton Cruz, responsável pelo requerimento que deu origem a essa audiência, inaugurou o evento destacando a importância de discutir esse tópico em um contexto em que a segurança dos cidadãos é uma preocupação constante. Ele salientou que, embora seja crucial garantir o direito dos agentes de segurança de se protegerem a si mesmos e aos outros, é essencial encontrar um equilíbrio entre esse direito e a manutenção da ordem pública e a prevenção de incidentes.

“Expresso nosso respeito e apreço pelos agentes, pois entendemos a árdua missão que é promover a segurança. Pessoalmente, não sou contrário ao porte de armas para os agentes, tanto em serviço quanto fora dele. Entretanto, o debate se faz necessário para ouvirmos aqueles que vivenciam essa realidade e compreendem o que é manter a ordem em nosso estado. Estamos aqui para discutir a disciplina e regulamentação do uso de armas fora do expediente de trabalho, especialmente em locais onde a venda e o consumo de bebidas alcoólicas ocorrem. Não devemos olhar para os agentes com medo, mas é indiscutível que uma pessoa embriagada portando uma arma causa apenas apreensão”, afirmou Adailton Cruz.

Durante a audiência, a mãe de Wesley Santos da Silva, de 20 anos, cuja vida foi tragicamente ceifada devido a disparos efetuados pelo policial penal Raimundo Neto durante a Expoacre 2023, expressou sua profunda revolta pela perda de seu filho e compartilhou como essa tragédia tem deixado um impacto avassalador na vida de sua família. Ela destacou enfaticamente a importância dos policiais com dificuldades psicológicas procurarem ajuda profissional adequada. “Aqui foi falada a questão psicológica dos policiais, mas se eles estão com o psicológico abalado, por que não procuram ajuda profissional? Por que vão a uma festa beber e importunar sexualmente mulheres? Foi o que aconteceu com o assassino do meu filho, um agente de segurança que em folga e portando uma arma, bebeu e importunou várias mulheres e matou uma pessoa de bem. Meu filho foi atingido por dois tiros e a namorada dele quatro.”

Foto: Sérgio Vale / Vale Comunicação

Assessoria

Bocalom supervisiona Asfalta Rio Branco

Published

on

O prefeito de Rio Branco realizou uma visita às obras do Programa Asfalta Rio Branco no bairro Laélia Alcântara nesta quarta-feira, 22 de maio de 2024. Esse programa tem como objetivo principal o recapeamento e a reparação de vias, além de melhorias nas redes de drenagem e esgoto, e a construção de meios-fios e calçadas nas dez regionais da capital. Laélia Alcântara, um dos 18 bairros da regional Calafate, está recebendo 100% dessas melhorias.

Durante a visita, o prefeito destacou que as empresas contratadas estão transformando vias que há anos estavam intrafegáveis, contribuindo para a qualidade de vida dos moradores. O presidente da Associação de Moradores, Wilson Moreira, ressaltou a resolução de problemas antigos, como uma cratera de mais de 60 metros que impedia o tráfego de veículos. Com a desobstrução do esgoto pelo Saerb, as condições melhoraram significativamente.

O vereador Antônio Morais, que acompanha as obras, afirmou que esta iniciativa trouxe grandes benefícios para a comunidade, destacando a importância histórica do bairro Laélia Alcântara. Ele declarou: “Tenho três mandatos como vereador e acompanho há mais de dez anos a situação, essa era uma rua de ônibus, mas graças a Deus, o prefeito fez um serviço de primeira e só quem ganha é a comunidade do Laélia Alcântara e adjacentes, esse é um dos bairros mais antigos de Rio Branco”.

Durante a visita ao bairro, o prefeito Bocalom aproveitou para verificar o andamento da reforma da Unidade de Saúde da Família (USF) Mariano Gonzaga. Ele elogiou o empenho da equipe da Prefeitura e da Secretaria de Saúde em melhorar as condições da unidade, que precisava urgentemente de renovação. Bocalom comentou: “O time da Prefeitura de Rio Branco, em especial a Secretaria de Saúde, está totalmente empenhado em fazer o melhor para a nossa população. Esta é uma Unidade de Saúde que há muito tempo merecia essa reforma, e agora estamos realizando.”

Continue Reading

Política

Servidores de Cruzeiro do Sul e região participam de capacitação em Benefícios Sociais

Capacitação inédita em Cruzeiro do Sul aprimora gestão e atendimento nos programas Bolsa Família e Cadastro Único

Published

on

Pela primeira vez em Cruzeiro do Sul, a Secretaria Municipal de Assistência Social está recebendo capacitação sobre Sistemas de Benefícios e Cadastro Único. Esta formação, oferecida pela Caixa Econômica Federal, está direcionada às equipes que trabalham nos Programas Bolsa Família e Cad Único. O evento acontece no auditório do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos entre os dias 21 e 24 de maio.

Além dos servidores locais, participam também funcionários dos municípios acreanos de Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, e Ipixuna, no Amazonas. Segundo Delcimar Leite, Secretária Municipal de Assistência Social, esta é a primeira vez que a capacitação, antes restrita às capitais, é realizada em Cruzeiro do Sul, transformando a cidade em um polo regional de treinamento.

A capacitação visa aprimorar o atendimento aos beneficiários dos programas sociais, e inclui uma avaliação final, com certificação apenas para aqueles que forem aprovados. Delcimar Leite destaca a importância dessa iniciativa para melhorar o serviço oferecido à população e para economizar recursos, já que não será necessário deslocar os servidores para outras cidades. Ela também aponta que esta será a primeira de muitas capacitações planejadas para o futuro.

Continue Reading

Assessoria

Prefeitura de Rio Branco distribui mais de 1.000 Kits humanitários para comunidades afetadas pela cheia do Rio Acre

Published

on

Em uma ação coordenada pela Prefeitura de Rio Branco, com apoio de recursos do Governo Federal, foram entregues mais de 1.000 kits humanitários para as comunidades atingidas pela cheia do rio Acre. A operação, que teve início nesta terça-feira no polo Belo Jardim, faz parte de um esforço contínuo para mitigar os efeitos das inundações que devastaram vários bairros da capital.

Os primeiros beneficiados foram os moradores das comunidades Vista Alegre, Catuaba, Liberdade e Polo Belo Jardim. Cada família recebeu um kit composto por um colchão, uma cesta básica, um kit de limpeza e dois galões de água. Além disso, foram distribuídos 1.800 kits de dormitório e higiene pessoal, com cada família podendo receber até três unidades, dependendo da sua composição.

Felício de Freitas, representante da Secretaria Municipal de Agropecuária (Seagro), destacou que a inclusão do colchão nos kits de dormitório foi uma medida pensada para melhor atender às necessidades específicas da população rural. “Essa ajuda é destinada às famílias já cadastradas no nosso programa de ajuda humanitária da Defesa Civil e Seagro. Este benefício chega a essas famílias através da Prefeitura de Rio Branco, com recursos federais e próprios,” explicou Freitas.

O coronel Balbino, diretor administrativo e financeiro da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec), ressaltou o esforço conjunto de diversas secretarias para garantir a entrega dos benefícios. “Vamos atender um total de 13 comunidades, entregando 1.762 kits assistenciais para quem mais precisa,” afirmou Balbino.

A iniciativa da Prefeitura de Rio Branco atende as comunidades afetadas por desastres naturais, para garantir que as necessidades básicas dos moradores sejam atendidas.

Continue Reading

Tendência