Connect with us

Política

Cruzeiro do Sul realiza conferência sobre segurança alimentar e nutricional

Evento reúne autoridades e profissionais para debater políticas públicas e qualidade alimentar

Published

on

Na quinta-feira, 19 de outubro, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul, no Acre, realizou a 1ª Conferência Regional de Segurança Alimentar e Nutricional, um evento que reuniu profissionais e autoridades para debater políticas públicas voltadas para a melhoria da segurança alimentar e nutricional no Juruá. A conferência contou com a presença de Caren Carvalho, representante do Governo do Estado do Acre, e destacou a importância desse tema crucial para o bem-estar da população.

A segurança alimentar é uma preocupação essencial para garantir a qualidade nutricional dos alimentos consumidos pela população, incluindo o aproveitamento de vitaminas presentes nas cascas de frutas, verduras e legumes. Durante o evento, Caren Carvalho enfatizou a necessidade de um planejamento estratégico que garanta o acesso a alimentos de qualidade para a população local.

Eidilamar Marques, nutricionista e coordenadora de alimentação escolar estadual, ressaltou a importância de estabelecer um marco que assegure a todos uma alimentação segura e justa. Nesse contexto, parcerias entre o estado e as prefeituras desempenham um papel fundamental na definição de parâmetros nutricionais que atendam às necessidades da população.

“O estado, em parceria com as prefeituras, determina um parâmetro nutricional para atender as necessidades da população.”

Leonardo Honorato, promotor de justiça, explicou que o conselho criado durante a conferência faz parte de uma política pública para identificar desafios e encontrar soluções na administração, garantindo um caminho melhor para as instituições envolvidas. Ele destacou que a região amazônica é rica em alimentos, mas tem perdido parte de seu potencial devido à crescente adoção de alimentos enlatados e industrializados, o que acarreta problemas como desnutrição, diabetes e obesidade precoce. A política pública desempenha um papel fundamental na melhoria da qualidade dos alimentos disponíveis no mercado e nas feiras públicas.

O vice-prefeito de Cruzeiro do Sul, Henrique Afonso, discutiu a importância das políticas públicas nacionais no combate à insegurança alimentar, apontando a necessidade de erradicar a fome. Ele destacou o Programa de Aquisição de Alimentos como uma iniciativa que não apenas fornece assistência social, mas também gera renda e empregos, contribuindo para o fortalecimento das políticas de segurança alimentar.

“Um dos maiores problemas que a população enfrenta é a falta de segurança alimentar, e precisamos de políticas públicas nacionais para erradicar a fome.” Henrique Afonso, Vice Prefeito de Cruzeiro do Sul

Afonso, lembra, que “Esse processo de enfrentamento da fome deve ser coordenado, visando não apenas proporcionar assistência social para que o alimento chegue, mas também gerar renda e emprego, como é o caso do Programa de Aquisição de Alimentos, que é um parâmetro para o amadurecimento dessas políticas.”

O evento serviu como um importante fórum de discussão para promover a segurança alimentar e nutricional na região, ressaltando a necessidade de ação conjunta entre governos, sociedade e instituições para enfrentar os desafios que afetam a alimentação da população. A conferência encerrou-se com um chamado à reflexão e à ação, destacando o compromisso do Ministério Público em apoiar as iniciativas necessárias para alcançar uma alimentação mais saudável e acessível para todos.

Com informações Assessoria PMCZS

Política

Imac e MPAC alinham estratégias para Licenciamento Ambiental e enfrentamento da crise hídrica

Reunião discute regularização de loteamentos e ações emergenciais devido à estiagem severa no estado

Published

on

O Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) e o Ministério Público do Acre (MPAC) realizaram uma reunião nesta sexta-feira, 21 de junho de 2024, para discutir questões relativas ao licenciamento ambiental de loteamentos próximos ao Parque Zoobotânico da Universidade Federal do Acre (Ufac) e possíveis irregularidades nessas licenças. Participaram do encontro o presidente do Imac, André Hassem, e representantes técnicos e jurídicos do instituto, juntamente com a 1ª Promotoria de Justiça Especializada de Habitação e Urbanismo e Defesa do Patrimônio Histórico e Cultural do MPAC.

Além das questões de licenciamento, a reunião também abordou a crise hídrica que ameaça o estado do Acre devido à estiagem. A Sala de Situação e Monitoramento Ambiental (Sisma) da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) publicou uma nota técnica destacando a probabilidade de chuvas abaixo do esperado e aumento das temperaturas nos próximos meses, agravando a situação de emergência hídrica. Com base nos dados do Mapa de Secas e do Monitoramento Hidrometeorológico dos rios Acre, Juruá, Purus e Iaco, o governo do Acre decretou situação de emergência ambiental em todos os 22 municípios do estado, conforme o Decreto Estadual nº 11.492, de 11 de junho.

O presidente do Imac enfatizou que a equipe técnica já iniciou a fiscalização da situação hídrica no Alto Acre e solicitou apoio do MPAC, através do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente, Patrimônio Histórico e Cultural e Habitação e Urbanismo (CAOP-MAPHU), coordenado pelo promotor de Justiça Luis Henrique Rolim. Rolim destacou a importância da articulação estadual e a disposição do MPAC para colaborar no enfrentamento da crise hídrica, considerando a reunião extremamente produtiva para alinhar procedimentos e estratégias entre as instituições.

Foto: Alexandre Cruz-Noronha/Sema

Continue Reading

Assessoria

Senac Acre certifica jovens dos cursos do Programa Aprendizagem Profissional 

Cerimônia de certificação reúne familiares, amigos e empresários

Published

on

O Senac Acre promoveu, cerimônia de certificação de 60 alunos dos cursos do Programa Aprendizagem Profissional. O evento reuniu, no auditório do Senac Bosque, orientadores educacionais, familiares, amigos e empresários para celebrar a conquista dos jovens que, agora, estão prontos para novos desafios no mercado de trabalho.

Foram certificados alunos dos cursos de Aprendizagem Profissional de Qualificação em Serviços de Vendas e Aprendizagem Profissional de Qualificação em Serviços Administrativos.

O supervisor pedagógico do Senac Acre José Lucas Sobreira destacou a importância do programa de aprendizagem para a qualificação profissional dos jovens. “Hoje, estamos certificando cerca de 60 jovens. Muitos já foram empregados durante o curso, mostrando a eficácia do programa em promover jovens para o mercado de trabalho.”

O aluno Anderson Augustinho reiterou que o aprendizado, especialmente em informática e trabalho em equipe, foi crucial para seu desempenho na empresa, e que a experiência em participar do programa resultou em sua efetivação na Cimec Materiais de Construção como auxiliar de depósito. “Foi uma sensação boa: criei vários amigos e tive a oportunidade que muitos não tiveram. Concluir o curso e ter esse certificado do Senac é muito importante para mim”.

Outra aluna certificada foi Ana Beatriz Silva. Efetivada na Estação VIP como assistente de RH, explicou que habilidades aprendidas no Senac, como Excel e PowerPoint, foram fundamentais para a conquista do cargo. “É um sentimento de alegria, porque foi muito difícil chegar até aqui. Estudava e trabalhava ao mesmo tempo”. 

A gerente de departamento pessoal da Estação VIP Segurança Privada, Cheila Rebouças, ressaltou o impacto positivo dos aprendizes na empresa. “Eles trazem equilíbrio e contribuem para a execução mais rápida do trabalho. Contratamos vários aprendizes, incluindo Ana Beatriz, que se destacou pelo seu empenho.”

A gerente do Senac Bosque, Maria Carlete Oliveira, frisou o acompanhamento contínuo aos alunos da instituição que participam do Programa de Aprendizagem. “Durante um ano, acompanhamos esses alunos na empresa e aqui na unidade, ajudando a resolver dificuldades e garantindo seu desenvolvimento. Hoje, finalizamos esse processo com muito orgulho.”

O programa aprendizagem profissional do Senac tem como objetivo desenvolver competências que ajudem os jovens a ingressar e a se manter no mercado de trabalho. O aprendiz também tem papel importante no compromisso social da empresa, que contribui com o cenário econômico do país ao formar mão de obra qualificada. 

O jovem participante do programa tem um contrato especial de trabalho com a empresa, no qual são resguardados seus direitos básicos e ganhos financeiros dentro das Leis Trabalhistas. 

No Senac, o aluno jovem aprendiz recebe formação dentro do Modelo Pedagógico exclusivo da instituição, que imprime marcas formativas: domínio técnico-científico, visão crítica, atitude empreendedora, sustentável, colaborativa, atuando com foco em resultados. Essas Marcas Formativas reforçam o compromisso da Instituição com a formação integral do ser humano, considerando aspectos relacionados ao mundo do trabalho e ao exercício da cidadania.

Departamento de Comunicação do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac

Continue Reading

Assessoria

Petecão viabiliza pagamento de R$ 4,4 milhões para maquinários e obras em municípios do Acre

Published

on

Nesta sexta-feira (21), o senador Sérgio Petecão (PSD-AC) anunciou a liberação de mais de R$ 4,4 milhões em emendas de sua autoria, destinadas aos municípios de Brasiléia, Capixaba, Epitaciolândia, Plácido de Castro, Porto Walter e Santa Rosa do Purus. A maior parte dos recursos será utilizada para a compra de maquinário agrícola.

Em Brasiléia, serão investidos R$ 697 mil na aquisição de um caminhão basculante. Capixaba receberá R$ 300 mil para revitalizar o estádio municipal, incluindo iluminação de LED, reforma das arquibancadas, vestiários e construção de calçadas de acesso. Epitaciolândia utilizará R$ 212 mil para adquirir uma minicarregadeira. Porto Walter contará com R$ 665 mil para um caminhão-pipa, enquanto Santa Rosa do Purus receberá R$ 383 mil para a compra de um trator de pneus.

Plácido de Castro, por sua vez, terá quase R$ 2,2 milhões para a compra de uma retroescavadeira, uma pá carregadeira, dois tratores de pneus e uma colhedora de milho.

Facilitação na liberação de emendas de ex-parlamentares

Além desses investimentos, o senador Petecão também viabilizou, a pedido das ex-deputadas federais Mara Rocha e Perpétua Almeida, o pagamento de outros R$ 4,9 milhões referentes a emendas de autoria delas quando ainda exerciam o cargo. É fundamental, em situações semelhantes, que um parlamentar em exercício apoie a liberação desses recursos junto ao governo federal.

“O mérito dessas emendas, cuja liberação eu ajudei a viabilizar junto ao governo federal, é exclusivamente das ex-deputadas Mara e Perpétua. Foram elas que as destinaram! Muitas vezes, vejo prefeitos inaugurando obras e entregando equipamentos sem citar o parlamentar que conseguiu os recursos. Isso me causa indignação”, afirmou Petecão.

Assessoria Foto: Pedro Franca/Agência Senado

Continue Reading

Tendência