Connect with us

Notícias

Frota de veículos no Acre registra aumento contínuo e atinge novo recorde em 2023

Published

on

A frota de veículos no estado do Acre continua em constante crescimento, mantendo a tendência registrada em 2022. De acordo com dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), o número de veículos cresceu 1,47% no período de janeiro a maio deste ano, saindo de 335.579 para 340.544.

Esses números revelam um incremento significativo na quantidade de veículos em circulação nas ruas do Acre. Considerando os resultados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atualmente existem aproximadamente 2,5 moradores para cada veículo no estado, indicando uma alta demanda por transporte individual.

Dentre os quase 336 mil veículos em circulação, as motocicletas representam a maior parte, totalizando 143.952 unidades. Essa preferência pelas motos pode ser explicada pelos benefícios que esse meio de transporte oferece em termos de mobilidade e custo, principalmente em áreas urbanas e regiões de difícil acesso.

A capital do estado, Rio Branco, concentra a maior parte da frota, com 210.697 veículos, o que representa 61,8% do total registrado no Acre até maio de 2023. Essa concentração reflete o maior fluxo populacional e a demanda por transporte na região central do estado.

Comparando os números de maio deste ano com o mesmo período do ano anterior, observa-se um incremento de 4,62% em apenas um ano. Essa taxa de crescimento demonstra o contínuo aumento da motorização no estado do Acre e a necessidade de investimentos em infraestrutura viária para acompanhar essa demanda.

No entanto, é importante ressaltar que o crescimento da frota de veículos também traz desafios, como congestionamentos, poluição e segurança no trânsito. Portanto, é necessário que as autoridades e a sociedade busquem soluções eficientes para garantir um transporte sustentável e seguro para todos os cidadãos.

Notícias

Gestão Estadual transforma Escola Técnica Maria Moreira em modelo nacional

Presidente do Ieptec, Alírio Wanderley, destaca apoio contínuo do governo e expansão de infraestrutura e programas educacionais

Published

on

Governo do Acre investe na Escola Técnica Maria Moreira e amplia oferta de cursos profissionais

Com investimentos do Governo do Estado, a Escola Técnica em Saúde Maria Moreira da Rocha, localizada em Rio Branco, atende mais de 1.500 alunos com dez cursos técnicos e quatro de qualificação profissional na área da saúde. Em 2022, o governo assegurou recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para retomar obras de reforma e ampliação da escola.

“O governo tem nos apoiado continuamente na expansão das ofertas de cursos e na contratação de novos profissionais,” afirmou Alírio Wanderley, presidente do Instituto Estadual de Educação Profissional e Tecnológica (Ieptec). “Hoje, todos os centros do Ieptec estão equipados e bem supridos.”

Segundo Wanderley, “A Escola Técnica Maria Moreira, que faz parte da rede nacional de escolas técnicas do SUS, foi a primeira na região Norte a implementar o itinerário profissional na área da saúde, influenciando outras instituições fora do estado.”

Em relação às melhorias recentes, Wanderley destacou: “Em 2024, a escola recebeu 72 novos computadores para os laboratórios de informática. Além disso, estamos preparando a criação da Escola de Saúde Pública, com início previsto para o final de 2024, que oferecerá especializações e residências médicas.”

O governo também apoia programas como o Mulheres Mil, que formou a primeira turma do curso de Cuidador de Idosos com 100% de aproveitamento. Além disso, são fornecidos materiais para merenda escolar e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para aulas práticas.

A Escola Técnica Maria Moreira está credenciada pelo Conselho Estadual de Educação (CEE) e seus cursos são registrados no Sistec, sistema do MEC. A escola continuará recebendo investimentos, incluindo a construção de um laboratório de odontologia, previsto para 2024.

“Sou profundamente grato à minha equipe pela dedicação e lealdade, fundamentais para transformarmos o Ieptec e todos os seus serviços em excelência.”

“Destaco o compromisso e a sensibilidade do governador com o Ieptec, sempre nos dando todo o apoio e suporte necessários,” afirmou Alírio Wanderley.

Fotos: Agência de Notícias do Acre/Assessoria

Continue Reading

Notícias

Brasil Mais Produtivo é apresentado a empresários na FIEAC

Brasil Mais Produtivo visa impulsionar a indústria acreana com consultorias e estratégias de gestão

Published

on

A FIEAC sediou, na manhã desta quarta-feira, 17, o Roadshow Brasil Mais Produtivo. O evento teve como objetivo divulgar e engajar o setor industrial acreano no programa, por meio do qual empresas de todo o país terão acesso gratuito ou subsidiado a diagnósticos e estratégias de gestão, consultorias e aperfeiçoamento profissional em manufatura enxuta, eficiência energética e transformação digital.

Além do 1º vice-presidente da FIEAC, João Paulo de Assis, o evento teve a presença da diretora da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Perpétua Almeida, além de outras autoridades políticas e empresariais. O vice-presidente da República e ministro da Indústria, Geraldo Alckmin, participou virtualmente do Roadshow.

Perpétua Almeida, da ABDI, destaca apoio crucial do governo federal às empresas industriais, com investimento no programa Brasil Mais Produtivo ampliado para R$ 2Bi

O Roadshow Brasil Mais Produtivo visa impulsionar a indústria acreana com consultorias e estratégias de gestão.

O Brasil Mais Produtivo é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) e promove a produtividade e a transformação digital de micro, pequenas e médias empresas industriais brasileiras.

O programa conta com a parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que se unem à Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e aos executores do programa, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para a oferta de soluções que vão desde a sensibilização e engajamento, aumento de produtividade, aumento de eficiência energética até a transformação digital das indústrias.

O programa é coordenado pelo MDIC e apoiado por diversas entidades para promover a produtividade e a digitalização das empresas

Presente ao evento, o 1º vice-presidente da FIEAC, João Paulo de Assis, frisou que o programa é ousado e necessário. “Traz a oportunidade para que as empresas do setor industrial melhorem seus processos. Apoiamos as instituições renomadas inseridas no programa, que têm o apoio do governo federal. É uma ação transformadora”, avaliou.

A diretora da ABDI, Perpétua Almeida, ressaltou que as micro, pequenas e médias empresas necessitam do apoio do governo federal. “Por isso, o governo elevou o investimento do programa de R$ 50 milhões para R$ 2 bilhões. Assim, as empresas terão mais competitividade, poderão crescer e gerar emprego e renda, que é o que vem acontecendo com o Brasil”, assinalou.

Empresas que têm intenção de participar do programa Brasil Mais Produtivo podem se inscrever no site brasilmaisprodutivo.mdic.gov.br.

Cases de sucesso

O programa Brasil Mais Produtivo já beneficiou empresas acreanas. Uma delas, a indústria Bebidas Quinarí, recebeu consultoria do SENAI na área de produção. Segundo Carlos Michel Costa, diretor da empresa, a partir de então houve uma série de melhorias.

“Tivemos consultoria de eficiência energética, onde foi feito um raio X para que pudéssemos economizar recursos. Recebemos também uma consultoria na parte de processos, onde o consultor identificou pontos de ociosidade. Tudo isso veio em boa hora e trouxe impactos positivos. Por isso, somos muito gratos aos parceiros, sobretudo ao SENAI”, comentou.

Por Willey Araújo – Foto: Sérgio Vale / vale Comunicação

Continue Reading

Notícias

Deputado Luiz Gonzaga discutiu integração dos municípios de difícil acesso do Acre

Published

on

Em reunião realizada nesta segunda-feira (15) em Brasília, o presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Luiz Gonzaga, e o senador Alan Rick se encontraram com o presidente da Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente (ANAMMA), Marçal Fortes, para discutir a integração dos municípios isolados do Acre e o desenvolvimento econômico da região.

Segundo publicação no perfil do deputado Luiz Gonzaga, a pauta principal do encontro foi a retirada das cidades acreanas do isolamento terrestre e a promoção da economia local. A discussão focou na integração econômica do Acre com o Peru e na construção de uma estrada entre Cruzeiro do Sul e Pucallpa. Também foi abordada a situação dos quatro municípios isolados, que enfrentam dificuldades devido à estiagem severa.

Gonzaga destacou a importância da colaboração entre o governador Gladson Cameli, o Legislativo e a bancada federal para solucionar o isolamento dos municípios e gerar mais emprego e renda para a população acreana. Ele anunciou a criação de um grupo de trabalho, incluindo várias instituições, como o Gabinete do senador Alan Rick, a Aleac, o Ministério Público, SEMEA, Tribunal de Justiça, IBAMA, ICMBIO, IMAC e outros órgãos ambientais e de infraestrutura, para enfrentar os desafios dos municípios isolados.

“O governador Gladson tem trabalhado para interligar todas as regiões do Acre, e vamos contribuir com esse projeto”, afirmou Gonzaga em sua publicação. “Precisamos acabar com o isolamento construindo estradas. Este é um sonho que podemos tornar realidade se unirmos nossas forças”, concluiu.

O senador Alan Rick também publicou em seu perfil e reforçou a importância da visita do presidente da Aleac e o compromisso com a integração entre Acre e Peru, além da melhoria das condições dos municípios isolados. “Estamos trabalhando juntos pela integração econômica do Acre com o Peru e pela nossa sonhada estrada entre Cruzeiro do Sul e Pucallpa. Precisamos tirá-los do isolamento construindo estradas. Esse é um sonho que podemos tornar realidade se todos derem as mãos”, declarou o senador.

A reunião marca um passo na luta pela integração regional e pelo desenvolvimento do Acre, sinalizando um futuro para os municípios isolados.

Foto: Sérgio Vale / Vale Comunicação

Continue Reading

Tendência