Connect with us

Educação

Estudantes do ensino médio terão bolsa para permanecer na escola

De acordo com MEC, programa está em fase final de elaboração

Published

on

Estudantes de baixa renda que estão no ensino médio terão acesso a bolsa de permanência na escola, além de uma poupança que poderá sacar ao concluir esta etapa da educação formal. O formato do novo programa, que está em fase final de elaboração, foi anunciado nesta terça-feira (26) pelo ministro da Educação, Camilo Santana. Ainda não foram divulgados valores da bolsa e da poupança.

“Nós estamos finalizando o desenho, dentro das possibilidades de recursos orçamentários que existem, tanto no MEC quanto no Ministério de Desenvolvimento Social. Vamos utilizar o CadÚnico [Cadastro Único de inscritos em Programas Sociais] e o programa Bolsa Família, juntamente, integrando com o Censo Escolar do Inep [Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira], para que a gente possa atingir”, afirmou Santana durante uma coletiva de imprensa para detalhar o decreto que cria a Estratégia Nacional de Escolas Conectadas. Segundo o ministro, cerca de 7% dos estudantes do ensino médio abandonam a escola, número que o governo pretende reverter com a medida.

“A ideia é que a gente possa garantir um apoio porque quando um aluno chega no ensino médio, idade de 14 ou 15 anos, geralmente é aquela fase que, diante da dificuldade da família, ele precisa trabalhar. Então, muitas vezes, o aluno abandona a escola, falta demais, é reprovado. A ideia é dar um auxílio que será mensal e uma poupança para que ele possa receber ao final do ensino médio, por ano”, acrescentou o ministro da Educação. O objetivo da bolsa é ajudar em despesas do dia a dia. Já a poupança poderá ser resgatada pelo aluno para projetos individuais dele, como abrir o negócio ou pagar estudos em uma faculdade. Nos dois casos, segundo Camilo Santana, serão exigidas contrapartidas dos beneficiários, como frequência escolar e aprovação.

Por Pedro Rafael Vilela- Repórter da Agência Brasil – Brasília

Educação

Alunos do Curso de Fotografia do Ieptec visitaram Agência de Notícias do Acre

Estudantes conhecem o dia a dia dos fotojornalistas e aprendem sobre práticas da profissão

Published

on

Alunos do curso de Qualificação Profissional em Fotografia da Usina de Artes João Donato, oferecido pelo Instituto Estadual de Educação Profissional e Tecnológica (Ieptec), visitaram na terça-feira, 21 de maio, a redação da Agência de Notícias do Acre. O objetivo da visita foi proporcionar aos estudantes uma compreensão prática do fluxo de trabalho e das metodologias utilizadas pelos fotojornalistas da instituição.

Marcos Vicentti, fotojornalista com 28 anos de experiência, apresentou o cotidiano da profissão e as ferramentas utilizadas no trabalho. Vicentti, que começou sua carreira em 1996, explicou aos alunos como a prática constante e a adaptação às novas tecnologias são essenciais para o desenvolvimento na área de fotografia.

A secretária de Estado de Comunicação, Nayara Lessa, ressaltou a importância da visita para a formação dos novos profissionais. “Receber alunos é sempre uma oportunidade de contribuir para a formação de futuros talentos na área de comunicação,” afirmou.

Lane Santos, professora do curso, destacou que essas atividades práticas complementam o aprendizado teórico. “As visitas permitem que os alunos vejam na prática como os conceitos estudados são aplicados,” disse.

Natália Ávila, uma das alunas, comentou sobre a experiência: “Aprender com um profissional experiente como Marcos Vicentti foi muito enriquecedor. Isso nos prepara melhor para o mercado de trabalho,” afirmou.

O Ieptec continua com as inscrições abertas para o curso de Qualificação Profissional em Fotografia. Informações sobre inscrições podem ser encontradas no site oficial do Ieptec ou na Usina de Artes João Donato.

Fonte: Assessoria / Foto: Pedro Devani/Secom

Continue Reading

Educação

Prefeitura de Rio Branco promove inclusão educacional para pessoas em situação de rua

Nova turma da EJA oferece esperança e oportunidade de transformação social

Published

on

A Prefeitura de Rio Branco iniciou uma nova turma da Educação de Jovens e Adultos (EJA) destinada a pessoas em situação de rua. A aula inaugural aconteceu no Centro Pop e contou com a presença de novos alunos, professores, equipe da Secretaria Municipal de Educação, representantes do sistema de justiça e entidades locais. O evento destacou a importância da colaboração entre diferentes setores para melhorar o atendimento e oferecer oportunidades educacionais para essa parte vulnerável da população.

Wellington Chaves, secretário municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, enfatizou ações conjuntas como o recadastramento da população em situação de rua e melhorias nas condições do Centro Pop, incluindo tratamento odontológico semanal.

Talles Ferreira, promotor de direitos humanos e cidadania do Ministério Público do Estado, elogiou o plano de ação da prefeitura para garantir dignidade e autonomia às pessoas em situação de rua.

Zélia Mendonça, diretora de ensino da Secretaria Municipal de Educação, mencionou os desafios de educar alunos em alta vulnerabilidade, expressando confiança no sucesso da nova turma da EJA.

Continue Reading

Educação

Estudantes de Biologia da UFAC realizam pesquisa na Feira do Peixe de Cruzeiro do Sul

Integração de Conhecimentos Acadêmicos e Tradicionais na disciplina de etnobiologia

Published

on

Estudantes do curso de biologia do Campus Floresta da Universidade Federal do Acre (UFAC) estão conduzindo uma pesquisa na Feira do Peixe de Cruzeiro do Sul. A atividade faz parte da disciplina optativa de Etnobiologia, que busca explorar saberes tradicionais em conjunto com conhecimentos acadêmicos. Sob a orientação da professora Nicoll Escobar, os alunos realizam uma experiência etnográfica para descrever a diversidade observada na feira, abrangendo aspectos vegetais, animais e culturais.

“A disciplina”, diz a professora Nicoll Escobar, “une conhecimentos acadêmicos e tradicionais. Estamos realizando uma experiência etnográfica para descrever a diversidade observada, abordando aspectos vegetais, animais e culturais. A etnobiologia estuda como diferentes grupos étnicos percebem, classificam e utilizam os recursos naturais, considerando aspectos biológicos e socioculturais.”

A Feira do Peixe de Cruzeiro do Sul oferece uma variedade de espécies de peixes, além de apresentar técnicas de piscicultura, pesca, confecção de redes e preparo culinário dos pescados. O evento, realizado pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul em parceria com associações locais, continua até sábado, 30.

Continue Reading

Tendência