Connect with us

Notícias

Prefeitura lança sistema de Viabilidade Automática para abertura de novas empresas

O novo sistema é um avanço importante na modernização da Prefeitura de Rio Branco

Published

on

A partir de agora quem quiser abrir uma nova empresa em Rio Branco vai ter resposta automática da prefeitura sobre a viabilidade ou não de instalar o negócio no local pretendido. A análise da viabilidade locacional, que antes passava pelos técnicos de forma manual, agora será automatizada por meio do sistema Viabilidade Automática, lançado oficialmente nesta terça-feira (15) pelo prefeito Tião Bocalom, com a presença de parceiros como o Sebrae e a Junta Comercial do Acre.

A presidente da Junta Comercial do Acre, Nayara Honorato, ressaltou que é  um momento muito importante para o ambiente de negócios na capital.

“É um momento muito importante para o ambiente de negócios aqui na nossa capital. É um marco, uma vez que o Município, aderindo essa viabilidade, nós vamos ter  um passo de mais celeridade e desburocratização no processo do registro empresarial”.

“Vai funcionar através do sistema integrador, em que a pessoa entra online no sistema, que vai estar disponível no site e em até 10 minutos ela pode concluir sua abertura de empresa. Nós já estávamos com um tempo muito bom de 13 horas, nós passamos para 11 e agora estas que estão dispensadas sem qualquer análise humana em até 10 minutos, de forma automática”, explicou a chefe da Divisão de Licenciamento de Atividades Econômicas da Seinfra, Bruna Caminha.

A análise da viabilidade locacional, por meio da qual é feita a avaliação técnica se a empresa pode ou não ser aberta no endereço, é um dos pré-requisitos exigidos pelo Município.

Após levantamento conjunto intersecretarias municipais, pelo menos 420 tipos de atividades econômicas foram liberadas da análise humana para obter sua licença junto ao Município. Também foi identificado que 75% dos imóveis de Rio Branco estão aptos para a abertura de empresas nessa modalidade, excluindo os endereços que estão classificados como área de risco ou de proteção ambiental.

“São todos aqueles empreendimentos com baixo impacto ambiental que tem abaixo de 200 metros quadrados como salão de beleza, escritórios de contabilidade e de advocacia. São vários empreendimentos e que é possível fazer a liberação automaticamente agilizando, assim, o empreendedor a trabalhar com mais liberdade”, disse o secretário municipal de Meio Ambiente, Carlos Nasserala.

“Estamos implantando aqui na Secretaria de Infraestrutura um local onde será a sala do empreendedor, que contará com a representação do Corpo de Bombeiros, da Secretaria de Meio Ambiente, da Vigilância Sanitária e da própria Secretaria de Infraestrutura, juntamente com a Secretaria de Finanças. É uma forma de congregar esses atores num local só onde a população chegue e resolva seus problemas de forma pontual”, ressaltou o secretário municipal da Seinfra Cid Ferreira.

“As pessoas que desejarem fazer investimentos em Rio Branco, sem que converse com qualquer pessoa, ele consegue ver se há viabilidade do investimento. Então a prefeitura entra num momento que disponibiliza ao cidadão do mundo inteiro a possibilidade de abrir negócio no município” pontuou o secretário municipal de finanças Wilson Leite.

Para o prefeito Tião Bocalom, o novo sistema é um avanço importante na modernização da Prefeitura de Rio Branco, concretizando assim as políticas públicas da atual gestão de simplificação e agilidade do atendimento aos cidadãos.

“Estou muito feliz em ver a nossa equipe toda imbuída da vontade de modernizar a nossa gestão de Rio Branco. O Alvará imediato que lançamos há poucos dias, já está começando a se movimentar. Agora a viabilidade automática que a nível de Brasil nós somos a capital que apresentou o maior número de locais. Então, isso para mim é acreditar no avanço de modernidade muito grande e a nossa Rio Branco será no final do nosso mandato a cidade mais moderna da região de Norte, a cidade mais bonita mais bonita, se Deus quiser!”

Para entrar no sistema e consultar automaticamente a viabilidade de sua empresa, o empreendedor deve acessar o endereço eletrônico: integrar.ac.gov.br/Portal

Assessoria

MEIO AMBIENTE

Rio Acre ultrapassa os 17m em Rio Branco, situação segue grave

Defesa Civil Alerta paa velocidade de subida e previsão de mais chuvas

Published

on

O tenente-coronel Cláudio Falcão, coordenador da Defesa Civil de Rio Branco, usou as redes sociais para informar sobre a situação atual do Rio Acre na capital, que ultrapassou a marca de 17 metros nesta quinta-feira, 29. Falcão destacou que, além do aumento significativo do nível do rio, a velocidade com que o nível está subindo também é motivo de atenção, estando a dois centímetros por hora. Este fenômeno é atribuído à soma das águas vindas do Alto Acre e do Riozinho do Rola em Rio Branco. Segundo o gestor, não há expectativas de melhora nas condições atuais nas próximas horas ou dias.

“Estamos com um aumento considerável do nível do rio, inclusive com uma velocidade mais alta do que estava anteriormente. Estamos a dois centímetros por hora; isso é consequência evidentemente de toda água que vem do Alto Acre, juntando também com o Riozinho do Rola, em Rio Branco. Não temos perspectiva para que nessas próximas horas e próximos dias as coisas melhorem”, relatou Falcão.

Além disso, há previsões de mais chuvas para a região. De acordo com o Boletim do Tempo da Secretaria de Meio Ambiente do Acre, do dia 29 de fevereiro ao dia 6 de março de 2024, espera-se que o volume de chuva acumulado varie entre 15 mm e 100 mm. Especial atenção é dada às áreas do Juruá e Assis Brasil, onde se prevê que as chuvas fiquem acima da média para o período, indicando uma anomalia positiva na região.

A situação requer monitoramento contínuo e medidas preventivas para mitigar possíveis impactos negativos nas áreas afetadas.

Foto: Sérgio Vale / vale Comunicação

Continue Reading

MEIO AMBIENTE

Município de Brasileia enfrenta segunda alagação em menos de um ano

Rio Acre atinge níveis históricos, impactando a região do Alto Acre, com os municípios de Assis Brasil e Epitaciolândia também sendo afetados.

Published

on

O município de Brasileia, localizado no Alto Acre, enfrenta a segunda alagação em menos de um ano devido à elevação do Rio Acre. A situação atingiu mais de 75% do território da cidade e aproximadamente 50% da população. Na última medição às 12h desta quarta-feira, o Rio Acre alcançou a marca de 15,58 metros. Posteriormente, às 18h, a Defesa Civil Estadual registrou uma vazante de três centímetros, com o nível do rio atingindo 15,55 metros.

A prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, destacou a gravidade da situação, declarando que a cidade se encontra quase totalmente inundada e isolada, afetando diversas comunidades rurais. Apesar do cenário crítico, a gestora ressaltou a união de instituições, empresas e cidadãos, que tem sido fundamental para minimizar os impactos da cheia.

Um comitê de crise foi estabelecido, contando com a colaboração do secretário de Agricultura e a estrutura do Estado para prestar assistência às pessoas afetadas e fornecer ajuda humanitária.

Continue Reading

MEIO AMBIENTE

Zequinha Lima visita escolas preparadas para receber desabrigados

Prefeito verifica estruturas e destaca ação preventiva diante da ameaça de enchentes em Cruzeiro do Sul

Published

on

O Prefeito Zequinha Lima esteve nas escolas de Cruzeiro do Sul para inspecionar as instalações destinadas a possíveis famílias afetadas pela cheia do Rio Juruá. Cinco unidades municipais estão prontas para abrigar desalojados, sendo elas: Margarida Pedreira, Thaumaturgo de Azevedo, Corazita Negreiros, Marcelino Champagnat e Irmã Diana.

A iniciativa faz parte dos preparativos da prefeitura para lidar com a ameaça das enchentes, conforme o plano de contingência municipal. O objetivo é proporcionar uma resposta proativa às necessidades da comunidade diante da possível evacuação das famílias.

“Nós estamos checando as escolas, as estruturas que vão ser utilizadas para abrigar as famílias em caso de necessidade. Temos cinco escolas já preparadas para receber, e caso haja necessidade de mais, o Estado também está disponibilizando as suas. O importante é que o ambiente está preparado para que possamos proporcionar segurança caso as famílias precisem ser retiradas de suas residências”, afirmou o prefeito.

A Defesa Civil continua monitorando o nível do Rio Juruá, que atingiu 12,79 metros ao meio-dia desta terça-feira. Até o momento, nenhuma família de Cruzeiro do Sul foi removida de casa ou levada para abrigos públicos. Zequinha Lima publicou um vídeo mostrando sua visita à escola, destacando os esforços para preparar o local para os desabrigados pela enchente do Rio Juruá.

Continue Reading

Tendência